Família Nômade


Leave a comment

Feira do Lavradio: o Rio de antigamente

IMG_5156Na verdade, o nome correto é Feira Rio Antigo, mas todo mundo conhece como Feira do Lavradio. Ela é realizada sempre no primeiro sábado do mês na Rua do Lavradio, na Lapa.

IMG_5185É uma mistura de feirinha de artesanato e feira de antiguidades e faz parte do projeto de revitalização do Rio antigo. Participam 400 expositores, bares e restaurantes além de vários artistas de rua. Tem também uma programação musical na Praça Emilinha Borba.

IMG_5171Pra se programar, entre no Facebook da feira.

IMG_5203Vale a pena aproveitar a visita para conhecer o Centro de Referência do Artesanato, ali ao lado na Praça Tiradentes.

IMG_5200A entrada é de graça!

IMG_5201Para chegar à Feira do Rio Antigo ou ao Centro de Referência do Artesanato, a melhor opção é descer no metrô da Carioca e caminhar algumas (poucas) quadras.


Leave a comment

Maresias em Família

Maresias é o ponto de encontro dos surfistas. O mar é considerado um dos melhores do Brasil para a prática do surfe. Foram essas águas que formaram Gabriel Medina, o primeiro brasileiro a vencer um campeonato mundial de surfe.

dogMas se você não tem afinidade com a prancha, não se preocupe. Aqui tem lugar pra todos. A praia de Maresias fica no litoral norte de São Paulo, no município de São Sebastião. É uma um lugar delicioso para visitar em família. Mesmo no inverno. Nós fomos conferir!

Se puder, aproveita para passar o dia em Ilhabela: um paraíso bem pertinho dali.


Leave a comment

Passeios de graça em Curitiba

Abaixo você encontra 6 dicas passeios diferentes e gratuitos para você aproveitar melhor Curitiba. Você encontra mais dicas no post Lugares diferentes para conhecer em Curitiba

01. Museu do Expedicionário

O Museu do Expedicionário tem o objetivo de contar como foi a participação brasileira e paranaense na II Guerra Mundial. O prédio, construído em 1951, recebeu o acervo do museu em 1980. Lá você vai encontrar uniformes, capacetes, armas, munições, bússolas e outros objetos usados no dia a dia dos pracinhas durante a guerra.

Os visitantes podem assistir a documentários sobre a II Guerra Mundial ou agendar uma visita guiada. O acervo do Museu do Expedicionário em Curitiba é considerado um dos mais completos do país sobre o período.

Do lado de fora, uma relíquia: um Tunderbolt. O avião foi usado em muitos combates na Itália e mantém a carcaça original.

O Museu funciona de terça a sexta, das 10h às 12h e das 13h às 17h. Sábados e domingos, das 13h às 17h. A entrada é de graça

02. Mon

header_sobre

foto: divulgação

O Museu Oscar Niemeyer é hoje um dos principais pontos turísticos de Curitiba. Para ver as exposições e subir até o famoso olho é preciso pagar uma entrada inteira de 12 reais ou meia de 6 reais. Maaaas, às quartas-feiras, a entrada no principal museu de Curitiba é de graça. Além de não pagar nada, o visitante costuma encontrar uma programação especial neste dia.

IMG_0107O MON funciona de terça a domingo das 10h às 18h. Saiba mais no site.

03. ZOO

Taí um passeio gratuito que você pode fazer também aos finais de semana. O Zoológico de Curitiba  que fica no Parque Municipal do Iguaçu tem girafa, leão, macacos e entrada de graça para todos. São mais de 2.300 espécies de animais numa área de 589 mil metros quadrados. O bacana do Zoológico de Curitiba é ser também um parque, então há muito espaço para as crianças correrem, fazerem pique-nique e brincarem, além de verem os bichos.

Mas se programe para ir cedo. Nos finais de semana, o Zoo fecha às 16horas. Anote o horário de funcionamento: de terça a sexta, das 9h às 17h e aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 16h.

 

04. Casa Estrela

IMG_8113A Casa Estrela é um lugar muito bacana que pouquíssima gente ouviu falar. Ela fica dentro da PUC no Prado Velho. A casa feita de madeira foi construída pelo contador Augusto Gonçalves de Castro na década de 30. Ela tem o formato de uma estrela de cinco pontas, símbolo do Esperanto.

IMG_8106O Esperanto é uma língua universal, inventada por um polonês em 1887. A ideia de Lázaro Zamenhof era criar um idioma universal, que não fosse de nenhuma nação, pertencesse a todos. No Paraná, o construtor da Casa Estrela, Augusto de Castro, era defensor do Esperanto e dava aulas da língua na parte de baixo do imóvel.

IMG_8116A Casa é considerada um marco da Arquitetura paranaense porque é feita com tábuas inteiras de pinheiro e não possui nenhum ângulo reto. A visita é de graça e pode ser feita de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 14h às 16h.

 

05. CATEDRAL

A construção que você vê hoje na Praça Tiradentes foi inaugurada em 1893. Antes disso, outras duas igrejas foram erguidas ali. O prédio atual da Catedral Basílica Nossa Senhora da Luz dos Pinhais tem estilo neo gótico, inspirado na catedral de Barcelona, na Espanha. A restauração que ficou pronta em 2012 devolveu à igreja sua cor original.

O mais bacana é poder fazer uma visita guiada e aprender sobre este ponto histórico de Curitiba e seus detalhes arquitetônicos. O passeio monitorado é gratuito, realizado uma vez por mês e deve ser agendado pelo e-mail: catedralcuritiba@gmail.com . Corra porque as vagas são limitadas.

 

06. Cemitério

Que tal visitar também o Cemitério Municipal de Curitiba? As visitas guiadas são realizadas uma vez por mês, geralmente aos sábados. Os visitantes aprendem sobre a história do cemitério, inaugurado em 1854, sobre detalhes arquitetônicos e sobre pessoas importantes que estão enterradas ali como o Barão do Serro Azul, João Gualberto, Vicente Machado e Maria Bueno.

As visitas ao Cemitério São Francisco de Paula são de graça e duram cerca de 3 horas. As inscrições podem ser feitas pelo e-mail: visitaguiada@smma.curitiba.pr.gov.br